VLOG #1 – MEU DIA OFF EM DUBAI! VIDA DE COMISSÁRIA!


Oiiii pessoal 🙂
Fiz um Vlog de um dia off meu aqui em Dubai!
Gravei tudinho que pude pra vocês terem uma idéia de como é um dia off (meu dia off) de uma comissária aqui nos Emirados 🙂
Com participações super especiais da Maiara Marques, Izabella Battonyai e Monica Santos 🙂
Espero que gostem, e como falo no vídeo, comenteeeeeem sempre pra eu saber o que postar aqui pra vcs 🙂
E tbm não esqueçam de curtir, compartilhar, seguir e aquela parafernalha toda 🙂

Beijinhos!!!

 

Vídeo Post no Ar com Andressa Caggiano! Curiosidades Sobre Dubai!


Olá meus amores!!!!!
Sentei com a miga pra responder pra vocês as perguntinhas da nossa #DIZAÍ do Instagram!!!
Tem também vídeo sobre curiosidades e dia a dia de Dubai no canal da Andressa 🙂

Canal Youtube: Não Perturbe!
Instagram : @drecaggiano
Snapchat: drecaggiano
Facebook.com/naoperturbeblog
Não Perturbe Blog

Não deixem de nos seguir, comentar e compartilhar 😛

Se ainda tiverem dúvidas de como são as coisas por aqui, podem perguntar, quem sabe não rola uma segunda edição 😉
Canal Youtube: Bruna Acedo
Ig: @buacedo
Snap: buacedo
https://brunaacedo.com
Beijinhos!

Decisões difíceis e finais felizes! Bem vindo 2017!


Primeiro de tuuuudo, mesmo que um pouco atrasada, quero desejar a toooodos que passam por aqui, aos seus familiares, seu amigos, seus vizinhos, seus cachorros, papagaios e periquitos, um FELIZ FELIZ FELIZ 2017!!! Que seja um ano de muita prosperidade, amor, saúde, paz e MUITO sucesso pra todos!!!
No final do mês de Novembro, quando recebi minha escala pra Dezembro, corri meus olhos para os dias 25 e 31, pra ver se eu teria folga para o natal e ano novo.. Estavam lá cinco lindos dias off durante o natal, mas no dia 30 eu teria uma viagem ao Bangladesh, voltando somente no dia 01 pela manhã… Saco :/
Fiquei muito muito muito feliz em estar em casa pro natal pq é definitivamente o dia do ano que eu mais amo.. Mais que meu próprio aniversário, mas que dia dos namorados, mais que carnaval, mais que páscoa, mais que dia da arvore hahahahaha…
O motivo, é que no dia de natal, é aniversario da minha irmã, Jéssica, e não importa se perto ou longo, como neste ano, natal me traz um sentimento maravilhoso, de amor e união. E não to falando de religião nem nada, to falando de amor, de estar com as pessoas que eu amo, celebrando a vida, o final do ano, o sucesso e os erros de onde tiramos lições…
Mas a virada de ano novo eu não estaria em Dubai.. Seria tão importante pra mim.. Na virada, Ariel tocaria pela primeira vez como DJ em uma rooftop party no hotel Holiday Inn, e eu não estaria por perto.. (De qualquer forma, ele mandou MTO bem! Estou mega orgulhosa! )
Os dias foram passando, eu não consegui trocar meu voo do ano novo e tive que ir pra Bangladesh..
Pra ajudar (só que NÃO), a Mari Bandeira, uma das minhas melhores amigas, teve um probleminha de saúde (não se preocupem, ela já está maravilhosamente bem) e ficou internada por alguns dias… Mais um aperto no coração, dormir com ela no hospital, levantar e ir pro trabalho foi umas das coisas mais difíceis pra mim… Cheguei até a ligar no departamento que controla a tripulação dos voos e pedi pra que trocassem o meu por um bate e volta, e mesmo eles sendo incrivelmente atenciosos, não deu certo, fim de ano é muito corrido nas operações.
Lá fui eu, pra Bangladesh passar o ano novo.. Decidi não “pegar um atestado” e fazer o voo, decisão difícil com final feliz…
Nesse voo, tinham mais três meninas brasileiras, Stephanie, Priscilla e Tailine… Três meninas preciosas que fizeram toda a diferença naquele dia que não estava nada fácil pra mim…
Essas doidinhas lindas, já eram amigas, e trocaram seus voos pra passarem o ano novo juntas, QUANTO AMOR!
Elas foram mega atenciosas comigo e ao invés de um trio que eram, viramos um quarteto fantástico!
Voo cansativo, destino longe de ser dos melhores, mas ELAS, fizeram de tudo muito especial…
Chegamos no hotel, e mesmo com a tripulação se reunindo pra uma “festinha”, nos reunimos no meu quarto e fizemos nossa própria festinha até as quatro da manhã. AMEI!
No dia seguinte fomos até um shopping local pra dar uma fuçada e até em loja tradicional entramos pra provar as roupas de lá hahahahahaha…
Nosso voo de volta pra Dubai sairia no dia 01 de Janeiro 00:45, ou seja, passaríamos a virada no aeroporto ou embarcando passageiros.. Mas tudo bem, as ultimas 24 horas já tinham valido super a pena!
Pra nossa sorte, os voos estavam atrasados por causa de neblina pesada em Dubai, e nosso voo mudou então para as 4 e pouco da matina, uhuuuull!!!! Tivemos tempo de nos juntar para passar a meia noite juntas e ter ceia de virada!!!!!
Viu só como tudo se encaixa como deve ser?
MUITO obrigada meninas, minhas três escoteiras, que fizeram meu 2017 começar mto mto mto FELIZ e animado!
Que bom que não consegui trocar esse voo, foi uma benção conhecer vocês!

img_8801img_8775ano-novo2img_8787ano-novo4img_8805ano-novo3img_8800img_8814img_8816

Feliz 2017 pessoal! Que tudo corra da melhor forma possível e não desistam nunca dos seus sonhos! Beijinhos!!!

Youtube: Bruna Acedo
Instagram: buacedo
Snapchat: buacedo

Orgânicos no deserto? É uma miragem?


Nãããão, eu vi e muito muito muito bem visto com meus próprios olhos!
Pra quem tem dúvida de como é a alimentação por aqui, o que encontramos nos mercados, quais tipos de produtos e tudo mais, eu digo pra vocês, aqui tem de absolutamente tudo!
Claro que não é como no Brasil, apesar de alguns produtos brasileiros virem pra cá, principalmente frutas e verduras…
Um problema que enfrentamos, é a qualidade.. Mas quando eu digo qualidade, não pensem que me refiro á frutas ruins, de baixa qualidade… As frutas são LINDAS, cheirosas e na maioria das vezes muito saborosas…
O problema é que para os alimentos chegarem até aqui, e mesmo assim continuarem impecáveis nos supermercados, eles passam por severos processos de tratamento com agrotóxicos fortíssimos..
Sem mentira nem exagero, eu JURO por tudinho… Uma vez comprei um saco de laranjas e deixei na fruteira (fora da geladeira) e depois de UM MÊS todinho (sim, não comi as bixinhas) elas estavam lá, lindas e cheirosas, como no dia que eu comprei no mercado… UUUUUUUMMMMMMM MÊS! Aí tem coisa, não tem não?
Pra nossa alegria a salvação, temos aqui em Dubai o Ripe Market, uma feira super bacana que reúne produtos orgânicos e feitos a mão de primeiríssima qualidade.
O melhor é que a feira acontece todo dia em uma parte diferente da cidade, dando oportunidade pra todo mundo se deliciar não somente com os produtos alimentícios mas como também, aproveitar aulas de yoga e meditação de graça, apresentações musicais e barracas de decoração, roupas e acessórios, calçados, flores… Tudo ecológicamente correto e super saudável! Essa que visitamos acontece ás sextas feiras no Safa Park, para consultar a localização de cada dia, consultem o link acima 🙂

“Com essa grande onda fitness, de estilo de vida saudável, ouve-se muito falar do uso de alimentos orgânicos. Mas por que isso é tão importante, e qual impacto o uso desses alimentos causa na nossa saúde? Os alimentos orgânicos são aqueles que foram cultivados seguindo um protocolo determinado que garantirá o uso extremamente reduzido (às vezes nulo) de agrotóxicos e xenobióticos, além do impacto sustentável e respeito pela sazonalidade.
O uso de alimentos orgânicos será benéfico não só pela isenção dos agrotóxicos, mas também por serem mais ricos em nutrientes, antioxidantes e fotoquímicos. Isso acontece pois a própria planta terá que produzir elementos de defesa contra insetos e outros agressores, uma vez que o agrotóxico não estará presente para exercer esta função.
Além disso, o respeito pela sazonalidade e rodízio do plantio garante que a terra disponibilize mais nutrientes para a planta.
É válido também lembrar, que o impacto sustentável ainda vai além, pois buscar alimentos orgânicos de produtores rurais da região diminuirão a necessidade de transporte, estocagem, entre outros aspectos da transportação.”
Afirma a Nutricionista Jaqueline Flor.

Selecionamos algumas opções super legais que encontramos nesse último final de semana.

riperipe1ripe2
ripephone
headoverclouds

olivegrove

saante

savarin
white-moss

Espero que tenham gostado e que façam essa visita que SUPER vale a pena 🙂

Beijinhos e até a próxima :*
Fotos: Ariel Gurgel

Super colaboraçã0:

Kartódromo em Dubai e Vídeooo! Vem ver!


E aiiiii galera!
Hoje é dia de mais um vídeo nosso no canal! Uhuuul!
Aqui em Dubai existem alguns kartódromos, mas escolhemos o Kartdrome por ser a melhor opção…
Cada sessão dura 15 minutos, e custa em média 130,00 Reais…
Precinho um pouco (muito) salgado por 15 minutinhos, mas as risadas e a experiência com certeza valem a pena!
Eles contam com duas pistas, um fechada (menorzinha) e um ao ar livre.. O legal desse lugar é que todos os dias, profissionais treinam por lá também…
Nosso super obrigada pela presença Bru Medeiros, Rebs e Alessandro!
Contando em primeira mão que a disputa foi MEGA acirrada pela primeira posição (só que de trás pra frente hahaha) Rebecca levou o troféu! Boa amiga! A prata ficou pra mim hahahaha….
Mora ou está visitando Dubai? Não perde tempo não…
Coloca o macacão, capacete e junta a galera!

Gostaram do vídeo?
Comentem, deixem suas sugestōes, curtam e compartilhem com os amigos.. Informação boa é aquela compartida! 😛
Logo logo tem muito muito muito mais vídeos chegando por aqui…

Beijinhos!

Estréia no YouTube! Dragon Mart Video


Faaaala galera!
Muito bem vindos ao post de hoje!
Com uma pitada de animação extra, hoje estamos lançando o primeiro video oficial do nosso canal no YouTube! Uhuuulll!!!
Já havíamos postado um video super simples há mais ou menos um ano atrás, até pensei em deletar ele, mas nem ligo de passar umas vergonhas 😛
Essa postagem de “estréia” é sobre um lugar suuuuper legal aqui em Dubai, chamado Dragon Mart.
Pra quem conhece a 25 de Março em São Paulo, fica fácil de entender… É um shopping Chinês MUITO divertido, onde você poderá encontrar absolutamente TUDO! Só que bem mais arrumado que a 25 🙂
Então se você pensa que Dubai é só chuva de dinheiro, viemos aqui quebrar esse mito e mostrar que aqui tem de tudo para todos!
Espero que gostem e logo logo já teremos muito mais por aqui!
Curtam, comentem e sigam..
Toda opinião é mais que bem vinda (principalmente no começo :P)

 

Beijinhos

Insta: @buacedo
Snap: buacedo

FUI DEIXADA DE LADO!


E se você entrou aqui querendo saber o babado do ano, sinto muito, esse post é só pra contar que mês que vem estou na reserva… Há! Peguei vocês!
Diferente de todos os outros meses, quando normalmente recebo minha escala de voos para o próximo mês, ontem, rcebi a tãããooo esperada escala… E estava o que estava escrito nela?
RESERVA RESERVA RESERVA RESERVA RESERVA até o começo do mês de Novembro… UHUL!
Só que não…
A reserva funciona da seguinte forma (explicando bem grosseiramente.):  todos os dias a Cia muda até o final da tarde, qual será sua função no dia segunte… Podendo ser um voo, bate e volta ou layover, stand by ou dias off (tão amados e esperados)…
Sou uma pessoa mega “controlada”  e “organizada” (mesmo perdendo as coisas as vezes, juro que sou), e pra mim, ficar sem saber o que vai ser da minha vida durante um mês todo, me deixa doidinha… Ainda mais no mês de aniverário do meu gato, com a festa toda já no esquema… E AGORA JOSÉ?
Não sei, mas algum jeito eu sempre acabo dando…
Essa tal de reserva é MUITO uma caixinha de surpresas… Da mesma que pode ser linda e florida, como foi há dois anos atrás quando tive o rabo sortudo de pegar um voo pro Rio como passageira e só trabalhando no retorno, pode ser também um capeta peludo e verruguento com um monte de bate e volta indesejado 🙂
Pra não ficar doida e de cabelos em pé, vou encarar esse mês como uma novela, na expectativa de ver o capítulo de amanhã 🙂
E se Deus quiser (e claro o foco e determinação) em breve trago novidades super legais aqui pra vocês, no blog e outras redes sociais 😉
Quem quiser saber como funciona e como será essa minha jornada maluca de “O que será meu dia de amanhã?”, me acompanha lá no snap que vou postar meus dias de Outubro pra vocês 🙂

Beijinhos :*

Snap: buacedo
IG: @buacedo

O errado que dá certo ;)


Sabe aquele sentimento de que a vida não ta indo pra frente? Então… é mais ou menos asim que eu to agora e vim desabafar pra vocês… Desculpa não postar com frequencia e quando venho é pra escrever um dessses, a vontade veio, e lá vou eu escrever o que dá na cabeça…
Quase dois anos e meio já se passaram, e não vou mentir, as coisas caem em uma rotina incrivel…
Não é mais tão legal como antes, não é mais tão divertido como era antes, não é mais tão interessante como era antes..
Quando cheguei, tudo era novidade, em todos os novos destinos eu queria sair, passear, conhecer, bater perna, explorar mesmo… Não havia o que me fizesse ficar dentro de um quarto de hotel (mentira, havia sim, o frio… ODEIO frio) mas mesmo assim, com 59 calças, 73 blusas, 31 luvas, e 17 gorros, eu ia…
Hoje eu tô assim, meio sem tesão, entendem? Não somente pelos lugares que já fui, mas as vezes até em destinos novos… A única coisa que meio que me incentiva a sair do quarto é ir ao supermercado, que fase, não? Pois é… Fazer compras no supermercado é meu novo hobbie…
Minha paciência com meus colegas de trabalho e pros mesmos papinhos de quando cheguei, está chegando ao fim…
Talvez seja pq eu sou mto agitada, de ver que a maioria das pessoas não mudam muito, me incomoda… Mas eu sei, cada um tem seu estilo de vida, sua rotina e personalidade e tals…
Talvez o que mais me incomode mesmo, seja ver que estou nada mais nada menos me tornando uma dessas… Pessoas acomodadas que não procuram mudanças na vida…
Minha vida é acordar, comer, ir trabalhar (não fazer nada interessante nas viagens), voltar pra casa, limpar a casa, lavar roupas, cozinhar, ir pra academia (as vezes), e dormir pra acordar e fazer tudo novamente….
Posso estar reclamando de barriga cheia, as vezes você que está lendo pode pensar “Poxa Bruna, queria eu ter um emprego” “Queria eu morar em Dubai” “Queria eu ter uma vida mais assim” …
O que me incomoda, não é a vida em si, mas como EU tenho lidado com ela… Faz sentido?
O fato de ter passado a me limitar a ir ao supermercado e ficar “feliz” quando eu faço uma viagem, pq comprei carnes, frutas e verduras frescas, UHUL! Não… Né?
Com todas as oportunidades que eu tenho, que eu posso abraçar, depois de dois anos e meio eu me vejo uma “conformada” com o dia-a-dia.. Na verdade conformada não, pq eu todo dia me culpo por não fazer mais da minha vida… Talvez “confortável” eu esteja… Estou na minha zona de conforto, lugar onde nunca cheguei… E vou falar, TÔ PIRANDO!
Quem foi que inventou essa tal zona de conforto? Com certeza essa pessoa nunca se aventurou nem se divertiu na vida… Nunca teve uma sensação de “missão ou tarefa cumprida” pq caaaaara, vou te falar, são as melhores sensações do mundo!
Eu comecei um curso de nutrição online, larguei… Comecei treino de Muay Thai, desanimei… Comecei dieta focada (foi ótimo!), relaxei… Todo dia acordo pra postar no blog, e fico muxinha… Vou lavar a louça, as roupas ou arrumar a casa ao invés de sentar minha bunda na frente do computador e fazer o que eu tanto amo… Escrever aqui 🙂
Hoje eu perdi um voo.. SIM a burra aqui com mania de organização se perdeu, não conseguiu encontrar a ID da empresa e não pode voar pro lugar favorito dela no mundo (Boston)… MUITAS palmas pra mim!
Mas eu estava aqui pensando… Talvez eu estivesse indo pro lugar que mais amo no mundo pra ir ao supermercado, ou ficar largada na cama vendo snapchat inútil das pessoas (não que o meu seja muito útil, e não que as pessoas sejam tão inúteis assim, é só modo de dizer) Até no Candy Crush eu caí…. Pois bem, perdi o voo, perdi as horas de voo, fiquei com falta no trabalho que é péssimo pro meu histórico e to aqui, em casa… Mas tudo bem, acabei de deixar meu apê todo limpinho… BOA BRUNA! Clap clap clap…
Dizem que tudo acontece por um motivo e vou acreditar nisso (mesmo nesse caso o motivo sendo minha cabeçudisse! Sério, vcs não tem idéia de como estou puta comigo mesma)…. Mas de qualquer forma, vou ficar com o “tudo acontece por um motivo”…
Vamos lá, desde pequena, sempre quis fazer ballet (não tô ficando doida e começando um assunto do nada, juro… Se leu até agora, continue! Haha)…
A maioria das minhas amigas da escola sempre fizeram, e eu ficava babaaaaaaando, sempre achei LINDO! Mas infelizmente era bem caro na minha cidade, Bragança Paulista (mais conhecida como Terra da Linguiça!) e meu pais nunca puderam me colocar… Pra “sanar” minha vontade de dançar, minha mãe uma vez me colocou na escola de ballet da minha amiga, mas as aulas eram de axé e dança de rua… Uhuuulllll! Mas não adiantava, eu ficava era mesmo babando nas sapatilhas…
Mesmo depois de “véia” quando decidi começar a praticar Yoga, na minha primeira aula, meu mestre me perguntou “Você já fez ballet? Tem uma postura e delicadeza tão bonitas…” … Não, eu nunca fiz… Quando me mudei pra Dubai, minha professora daqui fez a mesma pergunta na primeira aula.. Não eu nunca fiz… Acreditem ou não, comecei o post pra falar de uma coisa e acabei me dando conta de outra.. TALVEZ TUDO TENHA MESMO UM MOTIVO!
Na semana passada eu encontrei em Dubai um Studio de dança que tem aula de ballet para adultos iniciantes, mas as aulas são somente nas segundas feiras de noite, e TODAS as minhas segundas feiras deste mês estavam tomadas….
Tá aí! Talvez esse seja o meu motivo de tudo der dado errado até agora, sentar aqui e escrever me abriu os olhos, me fez organizar as idéia e tirar a lição de que talvez o dia de hoje não tenha sido uma falha total, mas talez seja o “universo” me dando um “empurrãozinho” pra me lembrar a batalhadora, sonhadora e REALIZADORA que sempre fui…
Hoje é segunda e eu vou lá!! Fazer minha primeira aula de ballet aos 26 anos de idade…
Que seja tudo como deve ser, mais um sonho realizando…
Obrigada cartão da empresa por ter sumido, faltei ao trabalho e to bem ferrada por isso, mas fui realizar um sonho, beijo, tchau!

Desculpem o post longo, obrigada por ler se vc chegou até aqui!
As vezes escrever realmente me ajuda a organizar as idéia….

Beijo ENORME e percam a identidade da empresa as vezes, vai que vc encontra a sua própria no meio do caminho 😉

TÁ, TO BRINCANDO! NÃO PERDE NADA NÃO!
É só pra vcs entenderem que as vezes a gente precisa sair do “automático” pra relembrar quem somos e o que queremos… Agora sim… Beijo, tchau!bounce